Métodos de Medição das Propriedades Radiativas

Duas classes de métodos de medição podem ser utilizadas, conforme a propriedade a ser medida: os métodos radiométricos e os métodos calorimétricos.

Nos métodos calorimétricos, estabelece-se uma situação de troca de calor por radiação em regime permanente entre superfícies, como por exemplo, no caso de duas placas paralelas submetidas ao vácuo, de modo a se eliminar a transferência de calor por condução. Através de medições das taxas de troca térmica envolvidas, obtém-se a emissividade (total-hemisférica) das superfícies.

Nos métodos radiométricos, detectores são usados para a medição das quantidades espectrais de radiação incidente, refletida, transmitida ou emitida.Relacionando-se estas quantidades obtém-se as respectivas propriedades radiativas espectrais: refletividade, transmissividade, absortividade, emissividade.

Os métodos radiométricos possuem uma aplicação mais ampla, mas com algumas restrições. A figura abaixo mostra o campo de medição de refletividades e emissividades. Para baixas temperaturas, até 500 K, de 0,3 a 15 µm, pode-se medir a refletividade espectral direcional-hemisférica, através do uso de uma esfera de integração ou a refletividade bidirecional através de equipamento com um goniômetro. Para temperaturas maiores e comprimentos de onda acima de 2 µm, pode-se medir também a emissividade espectral direcional. A restrição quanto à temperatura na medição da emissividade está relacionada com a baixa energia emitida pela superfície, situada no nível da energia emitida pelo seu entorno.

Propriedades radiativas espectrais

Métodos de medição: radiométricos e calorimétricos

 

Medição da emissividade total hemisférica

Medição de transmitâncias e reflectâncias espectrais

Métodos de identificação dos índices de refração e de absorção

 

 

 
 
 
Labortório de Meios Porosos e Propriedades Termofísicas
Campus Universitário - Trindade
Florianópolis - Santa catarina - Brasil - CEP 88040-900 - P.O. Box 476
Fone: (0--48) 331-9851